MEDITAÇÃO ENRAIZAMENTO: meditação do mês

Caminha como se beijasses a terra com os teus pés!"

Thich Nhat Hanh


O enraizamento é um processo de contacto dinâmico e consciente com a Terra. Através dele tornamo-nos presentes no aqui e agora, despertos com a vitalidade que vem da Terra. Embora os nossos pés toquem mecanicamente no solo a cada passo, esse contacto é vazio se estivermos isolados das sensações nas nossas pernas e pés.


Através do enraizamento recebemos nutrição, saúde, poder e estabilidade. Se estivermos apoiados no chão, não poderemos cair, estamos seguros. O nosso bem estar físico dependente dessa ligação à Terra. Sem essa conexão, perdemos a segurança, ficamos separados da natureza e da nossa fonte biológica.

No mundo urbano de hoje, sofremos de falta de enraizamento. A verdade é que há uma superioridade das competências e capacidades superiores relativamente aos da base. Por exemplo, em termos sociais e económicos, o trabalho intelectual é mais recompensador do que o físico.


Ao negligenciarmos a base, o chão, a terra - afastamo-nos de "casa", esquecemos quem somos, ficamos doentes. Por isso, enfrentamos actualmente uma crise nos serviços de saúde, além da destruição ecológica. Perdendo o contacto com o chão, perdemos a percepção da complexa conexão que temos com toda a forma de vida.


Numa cultura alienada e sem enraizamento, cujos valores não favorecem o corpo, criamos dor. O nosso estilo de vida (ex: passar o dia à frente do computador, ou a conduzir...) faz com que o nosso corpo sinta dor. O stress da competição e da vida acelerada não nos dá oportunidade de repouso e regeneração, ou de processar e eliminar essa dor. E consequentemente, quando criamos dor, tornamo-nos mais resistentes a fazer o enraizamento, porque estar enraizado é estar em contacto, o que significa sentir dor. No entanto esse é o primeiro passo para a cura.




Esta meditação é um convite de regresso a casa, é uma meditação de cura, que reenergiza todo o teu ser e te permite libertar tensões que já não precisas de carregar.




MEDITAÇÃO


Recomendo que a faças todos os dias, ao acordar e todas as vezes que sentires necessidade durante o dia. Esta meditação pode ser feita de pé, sentada ou deitada com os joelhos dobrados e os pés no chão.

Para maximizar o potencial desta meditação experimenta fazê-la abraçando uma árvore ou em contacto directo com a terra.



1. Começa por trazer atenção para a tua respiração, sem a querer mudar, apenas respira e observa a respiração. Sente o teu corpo a expandir-se e a contrair com a respiração...


2. E leva a atenção para as tuas pernas e pés apoiados no chão. Sente a solidez desse contacto. Sente o chão em baixo de ti, o peso do teu corpo sobre ele e a forma como a força da gravidade te puxa gentilmente para baixo.


3. Sente os teus pés no chão e conecta com a mãe terra. Imagina que as solas dos teus pés se começam a abrir suavemente, e que dela começam a crescer raízes, como uma árvore...

4. Sente uma corrente subtil de energia a descer do teu primeiro chakra para o interior da terra. Sente estas raízes a irem para baixo até chegarem ao centro da terra: vermelho e quente.

5. Na expiração sente-te a libertar tensões, problemas, preocupações que já não queres carregar e deixa que a Mãe Terra transforme essa energia.

Na inspiração começa a trazer a energia de cura da Mãe Terra para dentro de ti pelos teus pés, Sente-a como uma luz vermelha quente que preenche todo o teu corpo. Sente-te a ser nutrido e energizado. Observa o que começa a acontecer no teu corpo. É natural que te comeces a sentir mais forte e presente.




Experimenta!! Partilha a tua experiência aqui :)

Queres receber as próximas meditações, dicas e artigos no teu e-mail?

Inscreve-te na newsletter.




Featured Posts
Recent Posts
Search By Tags
Segue-nos
  • Facebook - Grey Circle

contactos

telefone

93 654 87 69

instagram

  • Instagram - Black Circle

facebook

  • Facebook - Black Circle